]Produção de Vídeo: Porque investir em vídeo é uma boa?!

Blog da Produtora Audiovisual Viralata

Aqui você encontra tudo sobre o mundo da produção audiovisual e mais

Produção de Vídeo

Produção de Vídeo: entenda como um vídeo pode ajudar seu negócio

Um vídeo nada mais é do que um sistema de gravação e reprodução de imagens, que podem estar acompanhados ou não de sons. Mas por que a produção de vídeo cresce cada vez mais nas mais diferentes  estratégias de marketing e vendas?! O que faz as empresas cada vez mais investirem em vídeos para o fortalecimento de sua imagem e comunicação interna?! Tudo isso será respondido aqui e agora!

Neste texto você lerá sobre:

  1.  Porque fazer a produção de um vídeo
  2.  Vídeos: a melhor forma de chamar a atenção do seu público!
  3.  Investimento em vídeo
  4. Consumo de vídeos
  5. Vídeo Marketing
  6. Conclusão

Produção de vídeo: por que fazer?

O vídeo cresce tanto por sua característica impactante quanto pela sua forma simples e eficaz em passar uma mensagem. A vida corrida e a falta de tempo no cotidiano também surgem como fatores que aumentam a importância e a presença dos vídeos juntos dos consumidores, principalmente no espaço online.

Tornou-se comum consumir vídeos online nos dias atuais, principalmente com o papel mais presente das redes sociais no cotidiano. Essa popularidade não é pura teoria ou achismo: hoje em dia o Youtube já ocupa o posto como o segundo maior buscador pelos internautas, perdendo apenas para o Google. Incrível, não?!

Por dados como esse cada vez mais empresas deixam de negligenciar o vídeo e passam a aliar ele em suas estratégias de marketing, principalmente no marketing digital. Antes de iniciarmos a discussão sobre a produção de vídeo e sua função nesta modalidade do marketing, compreenda abaixo alguns bons motivos listados por nós que explicam o porque dos vídeos só trazerem benefícios aos negócios.

Vídeos retém mais atenção do que textos

Produção de Vídeo

Tanto consumidores quanto fornecedores preferem assistir a um vídeo empresarial do que buscar informações sobre o empreendimento em um longo e complexo texto.

Com vídeos, é muito mais fácil passar os valores e visões da empresa para seus colaboradores, parceiros e clientes. Com vídeos corporativos, os objetivos traçados podem ser alcançados de forma muito mais  atrativa e envolvente.

Investir em vídeos: muito caro para o meu bolso?

O custo de um vídeo pode variar de acordo com muitos fatores, principalmente devido as exigências do cliente. Em nosso texto sobre vídeos institucionais explicamos alguns fatores que podem interferir no seu valor final, relembre:

  • Os tipos de equipamentos usados (câmeras, equipamentos de áudio, microfones, etc);
  • O variado número de serviços técnicos oferecidos em cada pacote (animações em 3D, mixagem, trilha sonora original, etc);
  • A quantidade de diárias de gravação e a duração do vídeo;
  • Os profissionais com diferentes níveis de formação ou experiência;
  • Serviços extras que podem surgir como a gravação em estúdio, o uso de um(a) apresentador(a), imagens aéreas, locução em outras línguas, etc.

Quando o cliente escolhe os equipamentos específicos, ou mesmo um apresentador famoso e determinados procedimentos para a produção do seu vídeo, o preço e os resultados finais tendem a variar bastante dependendo da demanda exigida.

Outro ponto positivo na produção de vídeo esta em sua durabilidade. Em média, um vídeo dura aproximadamente 2 anos (ou seja, 24 meses), apresentando-se assim como um investimento de longo prazo e muito eficiente para qualquer organização, empresa ou marca.

O consumo de vídeos na internet

Produção de Vídeo

A tamanha popularidade dos vídeos faz parte de nosso comportamento, de acordo com o funcionamento do cérebro, onde 90% das informações transmitidas são visuais e as imagens são processadas 60 mil vezes mais rápido do que conteúdos em texto.

De acordo com a Pesquisa Video Viewers do Google em parceria com o Instituto Provokers, 86% das pessoas assistem vídeos na internet e 99% das que assistem vídeos online, usam o Youtube.

A pesquisa ainda prova que a quantidade de horas dedicadas aos vídeos online continua a crescer pelos usuários, enquanto o tempo dedicado à TV permanece estável. Dos entrevistados, 56% afirmaram passar mais tempo assistindo conteúdo em vídeo na internet do que vendo TV.

Quando convertido em horas, a pesquisa identificou que o brasileiro assiste, em média, a 38 horas de conteúdo audiovisual por semana.

Brasileiros e o consumo de vídeos

Consumidores, principalmente os brasileiros, possuem a tendência cultural a dar mais preferência para conteúdos visuais ao invés de enormes textos. Diversos canais de TV já entenderam a força dessas mudanças no cotidiano das pessoas.

Canais pagos e até canais abertos – que oferecem conteúdo exclusivo ou replicam seus conteúdos da TV em plataformas online, são exemplos do que essa revolução do vídeo é capaz de fazer. Alguns exemplos desta nova tendência são a Globo Play da Rede Globo, HBOGO, R7 Play e em questão de pouco tempo até a grandiosa Disney, que planeja estrear sua plataforma de vídeos até o final de 2019.

A reformulação do mercado em acompanhar e investir em vídeos nada mais é do que um reflexo dos costumes e estilo de vida do consumidor, sobretudo do brasileiro. Segundo matéria realizada pela emissora Bandeirantes, o Brasil em 2017 já ocupava o  segundo lugar no mercado de vídeos mundial, acumulando mais de 11 bilhões de visualizações em plataformas de vídeos online.

Vídeo Marketing

Vídeo Marketing

O vídeo marketing tem como um dos seus principais diferenciais o fato de ser capaz de causar emoções e a sensação de proximidade entre consumidor e marca. Sendo assim, podemos conceitua-lo como um vídeo feito para promover o valor percebido junto de determinado público-alvo.

Ele representa hoje uma das estratégias mais utilizadas por empresas de todos os tamanhos e nichos do mercado mundial. Podendo ser consumido tanto em desktops e dispositivos móveis quanto em gadgets menos usuais, como smart TVs e videogames.

Confira alguns dados sobre esta prática a partir de pesquisas desenvolvidas pelo State of Video Marketing e OptinMonster:

  • Cerca de 81% das empresas utilizam vídeos em suas estratégias de marketing, e destas, 99% pretendem continuar em 2018;
  • Empresas que ainda não utilizam vídeos, 65% pretendem implementar essa estratégia, ainda esse ano (2018);
  • Entre os profissionais de marketing que utilizam vídeos, 76% afirmam que isso ajudou a aumentar as vendas e 80% dizem que o vídeo aumentou o tempo de permanência no site;
  • Mais de 97% afirmam que o vídeo marketing ajudou a aumentar a compreensão do usuário sobre seu produto ou serviço;
  • Utilizar vídeos aumentam em até 54% o alcance da marca, já que os usuários preferem conteúdos visuais;

Conclusão

Neste artigo vimos como vídeos se destacam como uma ótima tática para o melhor aproveitamento da imagem de uma empresa. Utilizar vídeos mostra-se uma incrível forma para a conquista de novos clientes, fortalecimento da própria marca e aumento de vendas.

Para o sucesso de seu vídeo ser realmente efetivo ressaltamos a importância da produção de conteúdos relevantes e de qualidade. Caso você ainda não tenha produzido este tipo de material para seus negócios ainda, não perca mais tempo: considere implementar em sua estratégia para sair na frente da concorrência e se destacar no mercado!